Formspring

Vc acredita que satanismo é real? Se sim, vc acredita que eles possam se infiltrar nas igrejas sem que ninguém perceba?

Não ignoro a real existência de Satanás, seus anjos e seus conscientes seguidores humanos. Contudo, meu raciocínio me diz que toda essa história de batalha contra os satanistas e suas infiltrações nas igrejas não passa de um grande e fabuloso exagero evangélico.
Esta é uma doutrina alarmista, a qual não produz edificação, nem fé vindas de Deus, gerando questões intermináveis que conduzem a lugar nenhum.
Além disso, é uma perspectiva que, em minha opinião, diminui o papel de Deus como principal e determinante Soberano da história humana e aumenta o papel de homens, criando heróis mitológicos entre nós.

A satanismo como culto é real, sabemos, mas a Bíblia diz que nossa luta não é contra pessoas. Essa viagem está nos entretendo e desvirtuando do propósito vivo do Evangelho que nos foi confiado.
As pessoas não são nossas inimigas!

Falam mal da J. K. Rowling, mas pelo menos pra ela é ficção.

rafa

Pergunta que a gente responde

Se eu pudesse ver a vida


E se a vida fosse um filme e pudéssemos ouvir

A voz dos pensamentos de alguém


E se a vida fosse um palco, poderia escutar

Sua vida e um monólogo


Se a vida fosse um livro, qualquer um iria ler

Os relatos autobiográficos

-

Mas a vida de um homem qualquer

Não está nos livros, filmes ou na TV

Está nas rua e no dia a dia que ninguém quer ver

Está na vida de alguém comum

Que pode estar bem perto de você

Mas quem seria capaz de ver a dor do próximo

-

Quando eu puder tocar em você

E o meu coração sentir o que você sente

Minha visão se amplificará

E o espectro da minha voz te alcançará


rafa

Dia do músico


Neste dia que comemora a "vocação" dos músicos, os quais receberam de Deus a dádiva da mais sublime forma de comunicar da terra (em minha humilde opinião), faço menção da curta, mas impressionante história de Santa Cecília - Padroeira Católica dos Músicos.

A jovem de família nobre que viveu em Roma no século III, nos princípios do cristianismo, fez votos de viver de maneira totalmente consagrada ao Senhor desde a infância. Mas apesar dos pais a terem dado em casamento a um homem chamado Valeriano, a jovem convenceu o noivo a respeitar-lhe os votos de castidade e acabou convertendo-o à sua fé, passando os dois a participar diariamente das reuniões celebradas nas catacumbas da via Ápia.

O prefeito de Roma, teve conhecimento da conversão dos dois e citou-os perante o tribunal, exigindo que abandonassem a fé cristã, sob pena de morte. Diante da recusa, eles foram condenados à morte e decapitados.

A tradição conta que Santa Cecília cantava com tal doçura, que um anjo desceu do céu para ouvi-la e que ainda que tenha sido martirizada de maneira horrível pelos romanos, morreu cantando a Deus.

Que cada músico em cada parte do planeta possa alcançar tamanha profundidade em sua arte e obra diante do Senhor!

rafa



Formspring

Pr.Rapha,da uma ajuda pro mano aqui.To MUITO afim de me riscar hehehe,fazer umas tatoos massa mesmo,axo legal.Sei tambem que tem muitos cristãos que tem tattoos.O porém é:eu ainda não sei se há significado ou não.Será que consegue me ajudar??? abras brow

Penso que o interior de cada pessoa é muito mais importante do que seu exterior, pois é dali que fluem virtudes ou mazelas...
Os provérbios dizem que devemos guardar, sobretudo, o coração, ou seja, o interior.

Me parece que a tatuagem é um mero artifício estético. É externo, não vejo como uma tatuagem pode influenciar dramaticamente o interior de alguém, a não ser que esse alguém esteja querendo se transformar em quem não é.
Mas isso vem do interior, me entende??

A diferença é que a tatuagem não sai no dia seguinte, então, se liga no que vai fazer pra não se arrepender...

Jesus disse:
"A candeia do corpo é o olho. Sendo, pois, o teu olho simples, também todo o teu corpo será luminoso; mas, se for mau, também o teu corpo será tenebroso. Vê, pois, que a luz que em ti há não sejam trevas. Se, pois, todo o teu corpo é luminoso, não tendo em trevas parte alguma, todo será luminoso...".

O exterior de um crente deve refletir seu interior! Eu conheço pessoas crentes que se tatuam e acham nisso uma maneira estética e contemporânea de divulgar seu interior. Outros crentes, acham que usar determinado tipo de roupa reflete seu interior.
Eu acho que nem uma coisa nem outra coisa pode refletir o interior de alguém, mas, somente os frutos de sua vida, suas palavras, suas atitudes, seu compromisso com a justiça e a retidão bíblicas, sua aliança com o Evangelho e com Jesus.

Concluindo, torno a dizer que a tatuagem é algo estético e não possui caráter transformador em ninguém. Se você gosta, faz, se não gosta não faz. Agora, que todos respeitem e sejam respeitados em suas decisões pessoais e como crentes, que sejam árvores frutíferas, sejam, bonitos, feios, tatuados, engravatados , pobres ou ricos...

E tem mais: posso estar errado, daí, estaremos todos em maus lençóis...

Abraço...

rafa


Pergunta que a gente responde http://formspring.me/reparadores

Formspring

Então tu acha q nao deveriam de proibir essas coisas (boné, vestidos...) dentroo da Igreja? No caso da proibição de se fazer tal coisa temos que lembar o seguinte: Temos a abrigação de respeitarmos nossas autoridades constituidas po Deus, para sermos respaldados por Deus. Deus instituiu autoridade sobre nós, e por mais que seja ruim,... essa autoridade, é muito pior ficar sem autoridade nenhuma sobre nós. RESPEITO E HONRA SEMPRE!

Quem tem que achar essas coisas são os donos das igrejas, eu, como não sou dono de nada, sou livre pra pensar o que eu quiser e até mesmo achar ridícula uma proibição exterior para se participar de um culto...

Respeito e honra se demonstram com virtudes interiores, as quais, segundo o próprio Senhor, são muito mais importantes do que aparências.

Sepulcros ornamentados, gente que segue usos e costumes e que por dentro estão cheios de morte. Fala sério, tchê.. além de farisaico, isso é um tanto arcaico.

Tempos novos na vida da Igreja brasileira, por favor... e acho que vc levou longe demais essa discussão aqui, era pra ser só uma brincadeira.

Rafa

Pergunta que a gente responde http://formspring.me/reparadores

Formspring

O que vc pensa a respeito do aborto? E da legalização da maconha? Funcionaria no Brasil? Qual sua opinião a respeito desses assuntos?

Assunto duríssimo o do aborto e deve ser avaliado em diversos aspectos. Primeiramente, pra mim, em minha fé e moral cristã, sei que Deus chama as pessoas e as predestina antes mesmo de nascerem. É o que a Bíblia diz, então, devo respeitar isso como uma regra áurea em minha vida.
Entendo que o ser humano é ser humano mesmo antes de ter um formato visível como tal, lá dentro do ventre da mulher, e mesmo sendo como uma parte dela, é uma outra pessoa em formação.

Essa é a minha fé e sei que há uma imensa visão científica, filosófica e até teológica, que é contrária a minha forma de ver isso.

Até mesmo do ponto de vista da saúde pública, por exemplo, temos uma questão muito complexa a ser avaliada.
Pra um terceiro, é muito simples condenar uma pessoa, tratá-la como uma ignorante, como assassina por não querer levar adiante uma gravidez indesejada, concebida em um momento frívolo, com algum desconhecido. Ou ainda, há os casos de famílias paupérrimas, povoando a terra com um monte de crianças com o futuro já traçado pelos números de uma estimativa cruel.

Não concordo com o aborto, acho cruel, e acho uma saída escapista.

Assim como acho escapista a descriminalização da maconha. Creio que fumar maconha deveria continuar sendo tratado como um "crime contra a saúde pública", como era antigamente. Crime pelo qual, eu fui preso e, mesmo sem entender na época, foi uma grande experiência de vida pra mim, a qual me ensinou o lugar da autoridade pública, como protetora da sociedade e que agora quer lavar as mãos disso, pois o problema não está sendo resolvido.

Se vai funcionar, deixa eu pegar minha bola de cristal ali no quarto....

Abraço,

rafa

Pergunta que a gente responde http://formspring.me/reparadores

Formspring

predestinação existe? "(...)Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho(...)" Rm8:28-29

É controverso, né? É o tipo de assunto dentro da teologia que mais parece uma sequência alternada de xeques num jogo de xadrez.
Todas as vezes que discuti isso, não chegamos a uma conclusão satisfatória, que convencesse a todos.
Tenho "pra mim" que a predestinação é um poder divino, perfeitamente capaz de conduzir o cosmos e que Deus tem nas mãos todo o domínio sobre a história humana.
Nosso livre arbítrio, nossas decisões são como caminhos diversos, os quais formam uma trama, mas que conduzem ao mesmo lugar, de antemão preparado por Ele.
É um espécie de organização do caos!
Portanto, seja qual for o caminho da pessoa, tudo a conduzirá para sua predestinação.

Agora, é uma fé que ainda carece de respaldo e de convicções. Sempre aberto para novas perspectivas...

Shalon, Campinas...

rafa

Pergunta que a gente responde http://formspring.me/reparadores

Formspring

Rafa, sobre música. Gostaria de saber a sua posição quanto essa "separação" que é feita com relação a música dentro da igreja. A famosa exclusão da dita "música secular" dos ouvidos dos cristãos. Graça e paz, e que Cristo o abençoe!

Houve uma instrução que foi aceita por muito tempo na igreja que definia a música como sacra ou profana.
Não deixa de ser uma espécie de maniqueísmo, ou seja, a separação do bom do mau, de Deus e do Diabo, se não é de um, então deve ser do outro.

Radical, mas ainda haviam alguns que sugeriam existir uma música "neutra", que não estava nem de um, nem de outro lado na guerra do bem e do mal. Não deixa de ser uma evolução, mas muitos aproveitaram para colocar seus gostos pessoais na discussão, chegando, por exemplo, a proclamar a música clássica como sendo inspirada por Deus, dada sua beleza e complexidade.

Hoje, me parece que pela sacralização da música em nossas igrejas e a herética sugestão da volta do ministério levítico, além de uma total ausência doutrinária no Novo Testamento sobre esse tal ministério da música, um modelo de santidade vétero testamentário foi resgatado e estabelecido entre nós.

Músico na igreja é encarado como levita e como tal, deve seguir procedimentos de santidade e pureza que foram ensinados por Moisés, que foi quem deu essa ordem de separação e consagração total da tribo exclusivamente destinada ao serviço das coisas do Tabernáculo e mais tarde, das coisas musicais, como estabeleceu Davi.

Ao contrário disso, lembro-me de ver Jesus pedindo a Deus em oração por nós: "não te peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal".

Devemos decidir quem vamos seguir: se é a Moisés ou se é a Jesus?

Moisés nos manda ser completamente separados do mundo, com todas as suas coisas, Jesus roga ao Pai que sejamos livrados do mal deste mundo.

Se não podemos ouvir música do mundo, então vamos ouvir qual música? De marte?

Praticamente não ouço música que não é cristã, mas não fui proibido de ouvir, se quiser, quando quiser, ouço. Gosto mesmo dos irmãos tocando e poetizando pra Deus, isso é arte pra mim, mas é o meu gosto e é o que edifica o meu coração.

Proibir pelo argumento apelativo de que não vem de Deus é uma mentira - pois todo dom vem de Deus e a arte de fazer música nasce antes de tudo em Deus - e uma grande usurpação do direto a liberdade que cada pessoa tem de escolher o que gosta e o que quer.

Rafa

Pergunta que a gente responde http://formspring.me/reparadores

Ré bemol


E se eu usar a sensualidade que há em mim

E começar a sensibilizar meu coração

E não olhar mais pras pessoas como um pão

Que só me servem pra matar a fome e o tesão


E diluir a raiva amarga nos meus rins

E transformar o fel em água limpa

Eu mataria a sede de uma geração

Se eu trocasse minhas armas pela compaixão


Se eu perdesse o gosto pela morte

Virando o meu rosto para a vida

Eu poderia me tornar mais forte

E poderia apontar de fato pra saída


Pois no lugar onde a lua é a musa inspiradora

Existe um povo que não sai mais pra ver o sol

Um povo escravo de uma identidade opressora

Que geme e grita com a guitarra afinada em ré bemol


rafa

O choque do amadurecer cristão


Lá no finalzinho do Evangelho de João, há uma história cujo quadro, como consigo enxergar, é mais ou menos assim:

“Pedro estava pescando, correndo atrás, como se costuma fazer quando as coisas não vão bem no chamado ministério. Afinal, aquele o qual se acreditava ser o Homem enviado por Deus para mudar as coisas na terra, tinha morrido. Mataram o Mestre, o colocaram numa cruz e agora, tudo no que ele havia se empenhado em construir ruiu, tal como um castelo de areia detonado pela onda do mar.

Pedro, então, vai pescar! Mãos à obra, pois não há mais razão lógica de nos dedicarmos a essa causa do Evangelho, pois seu fundador morreu.

Game over!

Contudo, na tentativa de voltar ao antigo trabalho, mesmo que houvesse recebido uma palavra de que não seria mais pescador de peixes e sim de homens, ele era um chefe de família e como tal, devia sustentá-la, bola pra frente.

É aí que aparece Jesus, ressuscitado, na margem. Pedro, que estava pelado, todo desajeitado, coloca uma roupa e se joga dentro do mar, sai nadando que nem um louco, dando braçadas ao encontro do Mestre.”

Jesus, então, entra num diálogo simples, direto e ao mesmo tempo “deep” com seu discípulo.

Pergunta 3 vezes: Pedro, você me ama?

Desconcertado, não sabe como responder e, ainda com muita insegurança na voz e escolhendo bem as palavras, declara: Sim, eu amo você, Jesus!

O Pedro, outrora audacioso, cheio de força interior, convicto de suas ações e palavras, agora está diante do Messias, falando com um tom de voz diferente. Ele não tinha o mesmo ímpeto para dizer aquelas palavras tão profundas e comprometedoras que antes dizia tão facilmente.

O que mudou na vida daquele que dizia sem pensar: eu morro junto contigo; eu mato por você; eu sempre estarei contigo, o Senhor é quem tem as palavras eternas???

O que mudou foi o fato de que agora Pedro sabia o preço que envolvia o “seguir a Jesus, tomar a Cruz e negar-se a si mesmo”.

Dias antes, sentiu na própria pele o medo da perseguição, o terror de ser acusado pelos grandes líderes de sua religião e o perigo iminente de ser preso, ou até morrer “de verdade” por causa de Jesus. A situação havia saído da dimensão do discurso e tinha seguido a vias de fato.

Tenho com essa ilustração uma conclusão importante pros nossos dias. A Igreja de hoje está recheada de gente que brada demais, sendo extremamente discursiva e na hora do “vamo vê” não sei se irá permanecer firme com as palavras que disse.

Em nossos cultos, pessoas fazem votos, declarações, em meio ao louvor e adoração e à emoção que os envolve, dizem palavras pesadas de devoção só Senhor que dificilmente se estabelecerão.

Muitos dizem que irão às nações, por exemplo, que farão o que for preciso, que morrerão pelo Mestre, que abrirão mão de todas as coisas para segui-lo, tudo isso cantando nos cultos de domingo a noite.

Irmãos, quando iremos amadurecer?

Talvez quando tivermos a experiência amarga de vermos o quanto somos bons em nossos discursos, falando demais e agindo de menos, que somos, no fundo, no fundo, grandes migués espirituais, bradando palavras radicais de devoção e quando postos à prova, estamos nus, passando vergonha diante de Deus.

Na continuidade do texto, Jesus diz sobre Pedro, que ele se vestia e ia por onde queria quando jovem, mas quando fosse velho, outro o vestiria e lhe levaria por lugares que ele não gostaria de ir. Esta era uma definição da morte como a qual glorificaria a Deus e é uma revelação para nós nestes dias em que falamos mais do que fazemos.

Quando amadurecermos, quando deixarmos de ser meninos espirituais, será quando Deus estabelecerá plenamente seu projeto em nós e será quando a nossa morte, a nossa cruz, fará vivermos em nossas vidas a vida de Jesus e não mais a nossa própria vida.

rafa


Ministério da Reconciliação


“...E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação...”

II Coríntios 5:17-20


Há uma atmosfera de novidade que envolve a pessoa de Jesus! Quando estamos nEle, somos renovados em nossos pensamentos, intenções, aspirações e sonhos, pois nos tornamos novas criaturas, com uma disposição mental celeste.

Isso é fruto da reconciliação!

Estávamos todos brigados com Deus e não tínhamos mais acesso às suas virtudes, estando todos entregues a sensações e eventualidades com as quais estávamos entretidos.

Chamo isso de pecado, ou seja, a coleção de entretenimentos que mantêm nossas almas ocupadas e inconscientes da ausência de Deus em nós.

Ao sermos reconciliados com Deus, por Jesus, recebemos o perdão dos nossos pecados e, além disso, recebemos também o ministério da reconciliação. Ou seja, passamos a ser um elo de ligação entre Jesus, em quem está escondida a revelação da Graça de Deus, e os nossos amigos.

É sobre essa classe de pessoas que Paulo está falando neste texto, a qual chama de Embaixadores de Cristo.

Todos nós que recebemos da Graça, o perdão, o indulto divino, mesmo não sendo merecedores de tal dádiva, agora, temos o compromisso de compartilhar a ajuda que recebemos, ajudando outros a acessá-la, reconhecê-la e recebê-la em suas vidas.

Crente! Prove que ama de fato ao seu próximo e quer se importa com a dor dos que se perdem, faça parte do ministério da reconciliação!

rafa

Compreender a dor!


A dor não se vê com os olhos

A dor não se pode ouvir

Uma dor não se dá de presente

E ninguém decidiu lhe sentir


A dor não se pega com a mão

Nem se nota quando e onde virá

Só se pode sentir que doeu

Quando o corpo sentir machucar


Nessa hora os nervos carregam

Um sinal de alerta pra mente

É aí que a gente percebe

O pesar de quem fica doente


Nessa hora entendemos a luta

De quem sofre ou sofreu uma dor

Experiência difícil e dura

Que nos toca e aperfeiçoa o nosso amor.


rafa


VC é a favor dos homossexuais ou não? Explique-se

É claro que sou a favor!
Se não for capaz de aceitar alguém com uma orientação de vida diferente da minha, respeitando e amando só quem pensa igual a mim, não estou apto a representar o Evangelho do Homem mais amplo e agregador do Universo.

Jesus morreu pelos pecados de todos, sem distinção, judeus, gregos, livres, escravos, pagãos, gentios, gays, lésbicas, héteros e até os Emos...

Evangelho que classifica e exclui as pessoas por grupos, não nasceu em Cristo!

Cabe a cada indivíduo perceber isso e aceitar para sua própria vida esse sacrifício, mas um grupo nunca será alcançado com uma mensagem que se diz contrária à natureza que lhe está tão arraigada.
Só a pregação do amor em aceitação, somente sendo a favor das pessoas e recebendo-as como são e estão, poderemos testemunhar a vida e a salvação de Jesus!

Pergunta que a gente responde

Aqui vai o meu e-mail : manfriedisantana@gmail.com. Não escondo no anonimato! "pastor" rafinha!

Poutz, o cara entra no Formspring.me, me enche de desaforo e depois me dá o e-mail com o nome do Dedé Santana...
ahah ahah ahah!!

É sacanagem, ou melhor, paiaçada, né, meu!!

Fica frio, meu guri, Deus é melhor que eu e você e tanto a sua quanto a minha teologia são passíveis dos maiores equívocos, mas pelo jeito, eu já descobri isso!!

Relaxa, mano.. não xinga não!!

E mais uma vez digo: não sabe brincar, não desce no playground...

Pergunta que a gente responde

Agenda dos Reparadores


13 e 24 de novembro 19:30

Igreja Betel

Taquari / RS


15 de novembro 15:00

Praça Dona Mocinha

Niterói

Canoas / RS


20 de novembro 20:00

O Brasil para Cristo

Novo Hamburgo / RS


27 de novembro 15:00

Igreja Betel

Esteio / RS


4 e 5 de dezembro

Igreja Quadrangular

Caxias do Sul / RS


11 de dezembro 20:00

Igreja Quadrangular

Novo Hamburgo / RS


18 de dezembro 22:00

Igreja Quadrangular

Boqueirão

Canoas / RS

Eu concordo com você na questão sobre a tatuagem "se gosta faz, se não gosta, não faz". Já ouvi falar sobre essa parte tão citada da Bíblia, que fala sobre as marcas no corpo, mas como ainda não conheço todas as Escrituras, gostaria de saber onde está?

É baseado neste texto:

"Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o SENHOR". Levítico 19:28

Em minha opinião, um tanto descontextualizado, pois o mandamento trata diretamente sobre uma prática de povos pagãos daquele tempo, que consistia em machucar e marcar o corpo com golpes de chicotes, ou com cilício, por motivos fúnebres.

Não sei o que isso tem em relação a tatuagem de nosso tempo!!

Mas, enfim, é só uma opinião pessoal!! Não oriento ninguém a se tatuar, mas tb não acho que um tatuado perca sua entrada nos céus!!

Cada uma... abração, tchê!

Pergunta que a gente responde

Meu Deus, tá na hora de você conhecer mais a Bíblia! Tatuagem atrai demônios para a pessoa, idenpendente se é estética ou outra coisa. A Bíblia proibe marcas no corpo. Pra quem se acha um Pastor tá na hora de conhecer a Bíblia....

O que atrai demônios é varrer a casa, ornamentá-la, prepará-la de maneira superficial, ou seja, deixá-la bonita exteriormente, sem preenchê-la com a Verdade que liberta.
Foi Jesus quem disse isso...

Por amor ao Evangelho e ao mundo que Deus amou tão profundamente, repensa com carinho sobre as fábulas que te contaram e, quem sabe, esteja disposto a abrir mão dessas doutrinas descontextualizadas e preconceituosas.

Se você continuar pensando assim, naquele dia, observará uma fila de tatuados entrando no céu, enquanto você fica pra trás...

Tem mais, fica longe da Cidade Baixa porque gente que pensa assim como você atrapalha a pregação da Graça, na qual estou baseado.

rafa

Pergunta que a gente responde

Hoje, daqui há pouco!!


Igreja em Movimento
Local: Av. Vítor Barreto, 1030, em Canoas.
Bem perto da estação Matias Velho do Trensurb!!
Daqui há pouco, às 20:00

Hoje com o Missionário Dênis Brasil,
direto do Uruguai!

Quem vai...???


Quem vai se encontrar com os espíritos que vagam pela noite?

Seu perfume misturado à dor é como o silêncio de um grito que já calou

Mas que ecoa, se espalhando pelos ares, se perdendo antes mesmo de encontrar

Algum ouvido ou coração mais atento, que poderia possuir a chave do cárcere.

-

Prisioneiros armados com o veneno do abandono

Esquecidos que foram na sarjeta da desilusão

Irradiam sua dor!

Dividindo com todos no caminho a força que os move e sustenta!

-

Antes fosse um poema ou uma canção

Mas é um caco de vidro, uma farpa e uma bala de canhão.

-

Os espíritos que vagam, mesmo sem saber

Sempre buscam pela Luz.

Quem vai se encontrar com os espíritos que vagam pela noite?


rafa

Redentor


O que realmente importa hoje é ser alguém presente onde ninguém quis estar!

Olhar nos olhos de quem foi esquecido e dizer:
- Eu me lembrei de você e estarei contigo o dia todo, todos os dias.
No seu aniversário, no seu casamento...
No melhor e no pior momento.
Abrirei meus braços e te abraçarei, dizendo:
- Nunca, jamais te abandonarei!

Em resposta sobre bandas evangélicas se unindo com Empresas como a Som livre, vc disse que é opotunidade para ser reconhecido, a onde está o teu coração? Está na fama, dinheiro? Jesus não precisa de pessoas que pensam assim... Cuide das suas motivações..

O grande projeto de vida de um artista é ver o fruto de seu trabalho alcançando o maior público possível. No caso de um cantor ou banda, uma grande gravadora é a melhor ponte entre o músico e o publico, tenha ou não um rótulo cristão.

Na minha resposta sobre esse assunto, quis fazer uma brincadeira, acho que me levaram a mal, me perdoem por isso!

Mas pensa comigo: fama e dinheiro são resultados óbvios de quem tem sucesso na carreira artística, não há como ser diferente.

Agora como o nobre anônimo exortou a este pobre e desconhecido reparador, gostaria de propor uma nova linha de pensamento pra você: esse seu papo de que "Jesus não precisa de pessoas que pensam assim" demonstra que você possui um pensamento sectário, intolerante e preconceituoso. Isso me parece muito com discursos fundamentalistas que podem esconder a inveja pelo sucesso alheio debaixo de uma capa de fanatismo religioso.
Todos são igualmente importantes para o Senhor, e Ele, ao contrário de você, não faz acepção de pessoas.

Sobre cuidar de minhas motivações... o anônimo aqui não sou eu!! Não escondo nada de ninguém, quem tá escondido por trás da crítica virtual aqui é você...

rafa

Pergunta que a gente responde

Toda terça no Underground

Pra você como seria um domingo perfeito?

Com a família e os amigos (+ chegados que irmãos), no campo, churras, coca cola, deitado na rede à sombra das árvores, criançada na piscina, goldens, labradores, bernezes correndo num gramado bem lindo.

Pergunta que a gente responde

Respostas bem superficiais. Vc foi consagrado pastor por algum ministério? Onde vc congrega? E a qual ministério está ligado?

- Eu achei a pergunta superficial também.
- Como disse antes, o pessoal costuma de chamar de pastor, então acho que fui consagrado pela voz popular.
- Eu congrego na Assembléia dos Santos, um prédio construído por pedras vivas que se encontra bem perto de você.
- Estou ligado e servindo no ministério da reconciliação!

Pergunta que a gente responde

Vc é pastor? Está ligado a algum ministério ou denominação? Congrega em algum lugar?

- Alguns costumam me chamar de pastor.
- Estou ligado.
- Congrego em um lugar.

Pergunta que a gente responde

O que aconteceu com o Onda de Choque?

O Onda de Choque é uma idéia que visava trazer um movimento na Igreja através da compreensão dos cinco ministérios descritos na Carta de Paulo aos Efésios.

Procurei fazer alianças com várias pessoas para, juntos, nos movimentar em rumos ainda não tomados pela igreja, foi legal, interessante, virou até notícia de jornal, mas não se estabeleceu.

Contudo, parece que na mesma medida que amadurecemos na vida natural, nossas teologias crescem junto, então, como eu não desisto facilmente da Igreja e não tenho vergonha de continuar tentando, o projeto foi remodelado e hoje aponta pra um público diferente.

Aliás, minhas velhas opiniões formadas sobre tudo estão sempre em processo de metamorfoses... (acho que vou compor uma música sobre isso!!!).

Pergunta que a gente responde

Amanhã


Igreja em Movimento
Local: Av. Vítor Barreto, 1030, em Canoas.
Bem perto da estação Matias Velho do Trensurb!!
Quinta, 4 de novembro de 2010 às 20:00